Após ser abusado por 20 presos, saiba como está o p3dófilo que abusou e matou bebê de 2 anos -

Após ser abusado por 20 presos, saiba como está o p3dófilo que abusou e matou bebê de 2 anos


Um crime bárbaro e revoltante que chocou o país cometido contra o enteado, Miguel Estrela, de apenas 1 ano e 11 meses, pelo lutador de jiu-jitsu, Daryell Dickson Menezes Xavier, voltou a ser assunto nas redes sociais, vale lembrar que na época, Daryell foi abusado por mais de 20 presos na cadeia.
Entenda melhor esse caso.

Assim que foi preso Daryell, foi encaminhado para a 12.ª Delegacia de Polícia de Taguatinga, cidade, satélite de Brasília.

Ao chegar o delegado tentou ouvir o depoimento do acusado, porém, o mesmo se manteve em silêncio, não relatando sua versão dos fatos, de lá ele foi levado para a Penitenciária de Taguatinga, onde foi recepcionado por seus novos “Amigos”, mas a recepção foi nada amigável, sofrendo uma série de agressões.

Estima-se que mais ao menos 20 detentos, que fazem parte de uma espécie de tribunal do crime da Penitenciária que não aceitam crimes contra incapazes, participaram das agressões e abusos contra Daryelll.

Segundo informações da equipe médica que atendeu Daryell e de alguns policiais, o mesmo apresentou inúmeros ferimentos pelo corpo, ele recebeu atendimentos e suturas, mas os detentos furiosos com sua atitude, chegaram até a arrebentar os pontos do criminoso.

Situação de Daryell atualmente

Em 2015, exatamente, em junho, Daryell Dickson Menezes Xavier, foi julgado e nele o acusado se pronunciou pela primeira vez sobre o crime.

 


Like it? Share with your friends!

-8

log in

reset password

Back to
log in
error: Content is protected !!